Forma Não, Re-Forma Sim !



"Admira-me que estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, senão que há alguns que vos pertubam e querem perverter o evangelho de Cristo." Gálatas 1:6-7


          Neste tempo tenho refletido e pesquisado muito sobre os "pré" e os reformadores numa tentativa de compreender neste período "pós-re-forma" que fôrmas e formas teológicas proeminentes estão quase que arbitrariamente determinando a interpretação da fé bíblica e sua prática na Igreja Evangélica Brasileira. Esta busca levou-me a enxergar melhor a natureza do Cristianismo hoje. Foi investigando a experiência de Johann Wessel Gansfort que ficou ainda mais claro a necessidade de uma "re-forma" na Igreja contrariando certas lideranças "evangélicas" que no meio do povo de Deus agem como agentes secretos no "comércio das indulgências", enfraquecendo a identidade marcante da graça de Deus quanto à salvação. Muitas pessoas estão sendo distraídas com as "bênçãos" enquanto os prejuízos extrapolam as satisfações pessoais. Sem contar a atual perseguição contra Jesus (histórico) numa tentativa de convencer que a bíblia não é digna de confiança.
          Wessel foi depreciado por se recusar a acreditar em milagres descritos num livro popular de sua época (Dialogus Miraculorum), e para explicar o porquê disse : "Seria melhor ler somente as Santas Escrituras".
          As "de-formações" na espiritualidade de muitos hoje provam pouco apreço sério pela bíblia, o resultado é um misticismo descontrolado que funde descaradamente simbolismos pagãos e filosofias humanistas.


Ericson Martins


.

0 comentários:

Vídeos

Loading...