Paz dentro de casa



Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.
Gálatas 6:22-23


            As Escrituras revelam que o fruto do Espírito é paz! Todos nós necessitamos dela, visto que a história do homem sempre esteve envolvida na realidade do conflito consigo e, sobretudo, com seu Criador. Tal conflito cria uma terrível tensão persistente em suas diversas relações. Por falta de paz ele experimenta conflitos constantes no ambiente profissional, acadêmico, eclesiástico e familiar ao ponto de abandonar o trabalho, o curso, a comunhão e o casamento. É justamente por crises semelhantes a estas que muitos perguntam: Como é possível ter paz dentro de casa?

            Primeiro. Tendo paz para com Deus, sem a qual se mantém eternamente cativo no conflito com a santidade, amor e justiça. Este conflito evidencia-se pelo pecado (1 Jo. 1:7). No entanto, Deus providenciou um meio de salvá-lo deste estado através do sacrifício de Jesus. O homem que for persuadido pelo Evangelho a crer e se arrepender dos seus pecados é salvo para ter paz eterna com Deus. Como esta paz afeta os demais relacionamentos? O homem que almeja ter paz no casamento, na família, deve tornar-se, por obra do Espírito Santo, verdadeiro cristão para agir como cristão. Então, a paz que é fruto do Espírito o fará lutar incansavelmente para ter paz dentro de casa e não fora dela.

            Segundo. Tendo paz consigo. Todo homem vive um grande conflito dentro de si. Ele quer o bem, mas faz o mal. A maioria das crises familiares eclodem por desajustes internos, como: culpa, egoísmo, baixa autoestima, orgulho, medo de responsabilidade, ira, ansiedade, etc. Por não saber lidar com estes desajustes internos, extravazam suas frustrações e fracassos no ambiente familiar. Sem paz com Deus e consigo mesmo, o homem não consegue ter paz dentro de casa. Jesus prometeu uma paz interior que pacifica as relações (Jo. 14:27). Ele forneceu uma perspectiva, a partir da eternidade, que corrige nossos desapontamentos terrenos ao recebermos os benefícios da Sua redenção. Somente em Cristo, pela ação do Espírito Santo, a natureza humana é curada dos efeitos do pecado.

            Precisamos reconhecer na aliança de Deus que Ele é a fonte e mantenedor da paz (Is. 45:10, 13). Ele produz paz dentro de casa pacificando pessoas individualmente, e estes com os outros. Jesus disse que os filhos de Deus experimentam alegria como pacificadores (Mt. 5:9). Paulo disse que a paz de Cristo é árbitro no coração dos crentes (Cl. 3:15). Aqueles que têm o Espírito Santo devem deixar a insolência e agir como conciliadores. Numa casa assim, a paz prevalece! Deus prometeu: “O efeito da justiça será paz, e o fruto da justiça, repouso e segurança, para sempre. O meu povo habitará em moradas de paz, em moradas bem seguras e em lugares quietos e tranquilos, ainda que haja saraivada, caia o bosque e seja a cidade inteiramente abatida” (Is. 32:17-19).

Com meu carinho.


Ericson Martins
contato@brmail.info

Siga-me nas Redes Sociais:
http://facebook.com/ericsonmartins
http://twitter.com/ericsonmartins



0 comentários:

Vídeos

Loading...