Alargue a Tua Visão de Mundo


“Não dizeis vós que ainda há quatro meses até à ceifa ? Eu, porém, vos digo : Erguei os vossos olhos e vede os campos, pois já branquejam para a ceifa” Jo. 4:35

          Jesus caminhava em direção à Galiléia, passando pela província de Samaria, entrou numa cidade chamada Sicar e ali se assentou junto a uma fonte para descansar. Seus discípulos saíram para providenciar algo para comer e nisto se aproximou uma mulher para retirar água da fonte. Enquanto retirava água Jesus olhava seu coração e rompendo as barreiras etnocêntricas da época, falou com ela. Ele evangelizou aquela mulher. Não perdeu oportunidade mesmo estando cansado. Impactada pelo testemunho de Jesus, retornou para sua cidade e ali começou a anunciar o que Jesus fizera. Neste mesmo instante os discípulos voltaram e pediram que Ele comesse, mas insistiu ensiná-los que Seu alimento (prazer resultado de colheita) era cumprir a vontade de Deus. Falava ainda estas palavras quando avistou a samaritana evangelizada trazendo consigo várias pessoas. Vendo ele a multidão, disse : Erguei os vossos olhos e vede os campos, pois já branquejam para a ceifa”.
          Gostaria de refletir junto a você algumas implicações neste texto :

1. Quem não tem visão é cego
          Guarde isto em seu coração : visão é a capacidade de ver realizado algo que ainda é apenas um desejo, um ideal. Ao olhar para aquela mulher no primeiro encontro Jesus viu uma multidão vindo ao Seu encontro. Vendo realizada sua visão, se voltou aos Seus discípulos e disse : vede os campos. A visão que Ele tem do mundo (humanidade) agora é ensinada aos discípulos. Mas para enxergar Sua visão, primeiro disse que eles deveriam erguer os olhos. Possivelmente os discípulos estavam de cabeça baixa, com olhos direcionados para o alimento que comiam, preocupados apenas com sua necessidade pessoal. Estavam cegos para a missão de Deus por causa das preocupações acerca de si mesmos. 
          Uma pessoa sem visão não sabe para onde vai, se sente confusa por suas circunstâncias e sem orientação está vulnerável a tropeçar e cair. Esta experiência pode envolver qualquer um que põe acima da missão de Deus atenção sobre suas particulares necessidades. Sem olhos na eternidade, nos cansamos e como os discípulos, tudo o que procuramos é o descanso e aquilo que momentaneamente nos alimenta. 

2. Só andamos na direção da visão que temos
          Já se perguntou por que Deus pôs os olhos na frente e não atrás ? Para não andarmos para trás. Já tentou andar para trás olhando para frente ? É arriscado demais e não nos sentimos seguros porque é contrário à visão que temos. Só andamos na direção daquilo que vemos é um princípio profundo por palavras simples. Aquilo que enxergamos se torna nossa missão. Ninguém anda em direção de algo por outros caminhos. Guarde isto em seu coração também : missão é o comprometimento em realizar a visão. Não basta apenas viver de sonhos, é preciso estar comprometido pelo empenho pessoal e ordem de prioridades. Se sua visão é crescer espiritualmente então é preciso caminhar nesta direção com compromisso. Sem caminhar, não se chega a lugar algum. Assumir a visão de Deus exige compromisso com Sua missão no exercício dos dons que Ele concedeu a cada um de nós.

3. Estágios de todo empreendimento
          Tudo que somos e fazemos obedecem a etapas de amadurecimento, estas etapas são importantes em todo processo de crescimento pessoal e organizacional de uma igreja. Tendo a visão de Deus e estando comprometido com esta missão, experimentamos fases e sem entendimento responsável sobre cada uma podemos cometer grandes erros e/ou desistir precipitadamente.
          O primeiro estágio é o da empolgação, o segundo é o da rotina e o terceiro é o da consolidação. Todos eles são importantes. A empolgação gera ânimo, a rotina gera seleção e a consolidação estrutura. Quando ouvimos uma palavra nos empolgamos e pelo ânimo nas primeiras semanas reagimos, neste ritmo somos envolvidos pela rotina, momento adequado para fazer adequações maduras até que nos sintamos estruturados e firmes pela consolidação daquilo que aprendemos. Ao investir sua vida na missão de Deus explore bem cada etapa no progresso, mas atente-se aos perigos, pois a empolgação pode lhe tentar ultrapassar os limites da vontade de Deus confundindo-o por suas ambições estritamente carnais, a rotina tenta te convencer que nada mudará fazendo-o abandonar o propósito dando-o como falido antes mesmo de ser e a estruturação pode lhe tornar apenas um diplomata, um burocrático preocupado apenas com regras e sem humildade para lidar com as questões mais simples que envolvem a vida daqueles que estão chegando a Cristo agora.

          Se começar vá até o fim, não desista. Como cristão comissionado por Deus, persevere naquilo em que é instruído pela Palavra do Senhor e se entregue à maior missão de sua vida que é viver em obediência aos propósitos eternos de Deus neste mundo !


Ericson Martins
contato@projetoperu.com




5 comentários:

  1. Gostei muito desse esboço, falou ao meu coração.

    Airton dos Santos Antão

    ResponderExcluir
  2. Obrgado pela dicação sua a Deus e o cuidado em nos alertar , boa semana irmão


    Josevan Marcelino da Silva

    ResponderExcluir
  3. Falou muito comigo, principalmente : " Uma pessoa sem visão não sabe para onde vai, se sente confusa por suas circunstâncias e sem orientação está vulnerável a tropeçar e cair. Esta experiência pode envolver qualquer um que põe acima da missão de Deus atenção sobre suas particulares necessidades. Sem olhos na eternidade, nos cansamos e como os discípulos, tudo o que procuramos é o descanso e aquilo que momentaneamente nos alimenta"

    Cristiane Guide

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Airton por enviar seu comentário.

    Em resposta ao seu segundo e-mail : podemos ser alvos da desistência daqueles que não reconhecem nosso valor ou porque não perceberam as boas intenções dos nossos corações, em resposta, muitas vezes reagimos desistindo delas também. E não tememos desistir até de nós mesmos quando enxergamos pequenas probabilidades de reedificação contra todas as circunstâncias que parecem estar nos esmagando, mas Deus não desiste de nós, por isto não somos destruídos pelo peso dos nossos próprios erros na vida. Esta é a esperança que temos nEle para prosseguir persistentemente nas repetidas confissões de arrependimento e recomeços.

    Sua fé em Deus não depende das coisas boas ou ruins que as pessoas lhe fazem, não depende da igreja nem da sua capacidade de cumprir sua agenda, e sim da sua disposição em obedecer a Palavra de Deus; portanto, refugie-se nela em oração, não tenha vergonha de reconhecer suas falhas e esteja disposto a buscar perdão de quem necessita dele. Certamente a força do Senhor lhe encontrará e superará todas estas dificuldades internas que tentam te convencer a desistir.

    Acredite : as tribulações são temporais, elas passam e nos deixam mais conscientes do caminho que devemos seguir sem hesitar.

    Que as misericóridias do Senhor lhe sustente em cada dia e em cada iniciativa nEle por mudanças que devem ocorrer a partir de hoje corajosamente.

    De um amigo sempre amigo.

    ResponderExcluir
  5. Querida irmã Cristiane Guide, que bom que este texto tenha sido instrumento de Deus para edificação da sua vida. Visite o Blog sempre quando lhe for possível. Estarei me esforçando para atualizá-lo no mínimo de 15 em 15 dias.
    Um grande abraço para a família.

    ResponderExcluir

Vídeos

Loading...