Você está certo da vida eterna?


“Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida. Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus” (1 João 5:12-13)

Já se sentiu inseguro por ter sido designado à um trabalho que não sabia realizá-lo? Não é angustiante enfrentar uma enfermidade sem saber qual é o seu diagnóstico? Alguma vez saiu de casa e se sentiu frustrado por não ter encontrado o endereço do seu destino? Ao ter de responder uma prova, não é perturbador o desconhecimento das respostas? Pois bem, essas terríveis sensações são também experimentadas pelo crente que não tem certeza da vida eterna! 

A Palavra de Deus nos garante que os que creem em Jesus recebem a vida eterna (Jo 3:16, 10:28). Essa promessa se refere à garantia de, uma vez resgatados da morte espiritual, os crentes em Cristo viverão na presença de Deus por toda a eternidade. Nem mesmo a morte impedirá o crente de receber tão inestimável favor da graça Divina! E a vida eterna é descrita pelo conhecimento de Deus (Jo 17:3). Não há maior oferta do que esta, a de viver na plenitude da presença de Deus, no prazer do Seu conhecimento! 

Entretanto, do mesmo modo como os crentes, para quem João escreveu essa primeira epístola, estavam sofrendo com a dúvida sobre a vida eterna, por causa de falsos mestres, os cristãos de hoje também podem sofrer. Heresias surgem a cada instante e no mesmo ritmo crescem as dúvidas sobre elementos essenciais da fé cristã.

Foi diante de uma condição de incerteza dos crentes sobre a vida eterna, que João enfatizou a verdade a respeito da nossa redenção e da nossa esperança. Portanto, descreveu a quem é dada tamanha certeza: aos que são “nascidos de Deus”, convertidos de verdade (5:1, 4), aos que amam a Deus e se comprometem com a Sua Palavra (5:2-3), aos que acreditam que Jesus é o Filho de Deus (5:5, 9-13, 20) e não insistem na prática do pecado (5:18). Esses podem experimentar a segurança, a certeza e a plena esperança da vida eterna. Não estão mais condenados, mas justificados dos seus pecados e feitos herança de Deus ao Filho.

Já observamos quão frustrante é não sabermos determinadas respostas. Mas graças a Deus que nos dá respostas tão significativas à nossa fé pela obra de Jesus! 

De acordo com o testemunho de João, somente o crente pode ter tão profunda certeza e nela ser capaz de enfrentar as mais astutas intenções desse mundo; confiando no testemunho da Escritura e mantendo comunhão com outros crentes (1 Jo 1:1-4). A Escritura foi dada aos que creem no Senhor como garantia de que estão salvos. Se tem as descrições de um filho de Deus, conforme João nos comunicou (caps. 3-5), pode estar certo de que tem a vida eterna! Porém, se necessita dessa certeza, o princípio é confessar a Jesus Cristo, o Filho de Deus e permanecer na Sua verdade (1 Jo 2:22-25). Só não tem a vida eterna aquele que ainda não tem o Filho, pois “quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus?” (1 Jo 5:5).

Com amor.

Ericson Martins

0 comentários:

Vídeos

Loading...