Fujam da idolatria!!!


Texto bíblico de referência: Deuteronômio 13:1-18

           
Fujam da idolatria! “Opa, a idolatria não seduz a Igreja!”. Pois é, é aí que nos enganamos, pois pode seduzir sim! Ela é um dos maiores males da humanidade, razão porque sempre sofreu terríveis consequências por deixar de adorar e de buscar unicamente a Deus, para “cultuar” o homem ou qualquer obra das suas mãos (Rm 1:21-25). Apesar disso, a idolatria continua levando ao engano, sutilmente, todos aqueles que não confiam na verdade de Deus.

O texto de Deuteronômio 13:1-18 apresenta três advertências ao povo de Israel e que se aplicam a nós, as quais requerem toda a atenção, para não nos apartarmos do Senhor enquanto nos distraímos pelo encanto dos homens: (1) atenção quanto aos sinais ou prodígios de um profeta ou sonhador (13:1-5 cf. Mt 24:24), (2) atenção quanto às influências familiares (13:6-11) e também, (3) atenção quanto as más companhias (13:12-18). Por zelo do seu povo, Deus sempre o provará, a fim de mantê-lo distante das seduções da idolatria:

1. Prova pessoal. A primeira tentação à idolatria em Israel, nesse contexto, poderia vir do próprio coração e ser provocada por um “profeta” ou por um “sonhador”. Profetas eram muito estimados como comunicadores da sabedoria (Nm 12:6). Tamanha estima carecia ser tratada para que o povo não caísse no engano. E o tratamento tocaria o coração, a fim de que fosse revelada a existência ou a inexistência do amor genuíno a Deus (13:3-4).

2. Prova familiar. A segunda tentação à idolatria poderia vir da influência, das tradições familiares. Aqui Moisés tocou em uma situação muito dolorosa, pois envolveu as pessoas que tanto amamos. Todos nós entendemos a influência que os membros da nossa família exercem sobre nós, e que muitas vezes, por força de tradições idólatras, podem nos guiar para bem longe da verdade e da intimidade com Deus. Contudo, o amor por nossa família nunca deve preceder a nossa devoção a Deus, porque as suas reivindicações são superiores aos afetos humanos! Deus requer todo o nosso coração (Mt 22:37 cf. Mt 10:37), não apenas parte dele, e obedecê-lo é o nosso primeiro dever.

3. Prova comunitária. A terceira tentação poderia ter a sua fonte nas más companhias, por parte de “homens malignos” (13:13), os quais persistentemente tentam desestimular a fé e a confiança em Deus para tornar a nossa vida indiferente a ele. Contra essas más companhias, a recomendação é resistirmos firmes e publicamente, não retendo nada que seja objeto de idolatria em nossas mãos (13:14-18).


Diante de tais provas, obedeçamos a Palavra do Senhor, e oremos para sejamos aprovados: “Senhor nosso Deus, rico em misericórdia, dá-nos forças para fugirmos da idolatria, dedicar-nos somente à tua vontade e resistirmos às tentações que nos cercam diariamente. Em nome de Jesus, amém!”


Ericson Martins
contato@brmail.info



Um comentário:

  1. (JR.5.21) Ouvi agora isto, ó povo insensato que tendes olhos e não vedes, tendes ouvidos e não ouvis; (1TS.4.3) pois esta é a vontade de Deus: A vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; (LS.1.12/13) porqu Deus não fez a morte, nem se alegra na perdição dos vivos: Não queirais buscar ansiosos a morte, no descaminho da vossa vida, nem adquirais a perdição com as obras das vossas mãos:
    (HC.2.19) Ai daquele que diz ao pau: Acorda! E à pedra muda: Desperta! Pode o ídolo ensinar? Eis que está coberto de ouro e de prata, mas no seu interior não há fôlego nenhum: (AT.3.15) Dessarte, matastes o Autor da Vida, a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas: (JB.7.48) Porventura creu Nele alguém dentre as autoridades, ou algum dos fariseus? (RM.3.3) E daí? Se alguns não creram, a incredulidade deles virá desfazer a fidelidade de Deus? (JB.3.23) Ora, o seu mandamento é este: (MC.12.33) Amar a Deus de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar ao próximo como a si mesmo:
    (JB.4.23) Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores: (LS.19.23) E há quem fala francamente e não diz senão a verdade, (RM.4.3) pois que diz a escritura? (JB.4.24)Deus é Espírito;e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade, (RM.1.20) porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade; claramente se reconhecem desde o principio do mundo, sendo reconhecidos pelas cousas que foram criadas:
    (HB.11.1) Ora, a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que não se vêem: ((SL.100.3) Sabei que o Senhor é Deus, foi Ele quem nos fez e Dele somos; somos o seu povo e o rebanho do seu pastoreio: (CL.3.23/24) Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como sendo para o Senhor, e não parta homens; cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança: A Cristo, o Senhor, é que estais servindo; (DT.1.38) porque Ele fará com que Israel a receba: (SL.32.11) Alegrai-vos no Senhor e regozijai-vos, ó Justos, exultai-vos, todos que sois retos de coração; (1TS.3.8) porque agora vivemos, se é que estais firmes no Senhor: (1cO.15.38) Portanto, amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e abundantes na Obra do Senhor, Sabendo que no Senhor o vosso trabalho não é vão:
    (LE.12.13) De tudo o que se tem ouvido a suma é: Temei a Deus e guardai os seus mandamentos;porque isto é dever de todo Homem: (JR.21.8) Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte: (JB.14.6) Eu sou o caminho a verdade e a vida: (LV.19.4) Não vos virareis para os ídolos, nem vos fareis deuses de fundição: Eu sou o Senhor Vosso Deus: (IS.41.4) Quem fêz e executou tudo isto?(DT.27.26) Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo: (IS.46.8) Lembrai-vos disto e tende ânimo, ó prevaricadores; (LS.14.12) porque o culto aos ídolos é o princípio da corrupção da vida:
    (AT.3.17) Agora, Irmãos, Eu sei que o fizestes por ignorância, como também as vossas autoridades; (IS.9.16) porque os Guias deste povo são enganadores, e os que Por eles são dirigidos, são devorados:(TG.121) Portanto, despojando-vos de toda impureza e acumulo de maldade; acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma:


    ResponderExcluir

Vídeos

Loading...